Cronologia 2000-2009

1893-1969 1970-1979 1980-1989 1990-1999 2000-2009 2010-2019

2000

Junho 5 – Algar do Carvão foi aberto ao público, depois de concluídas as obras de ampliação do túnel e da casa de apoio.

2002

Junho 5 – Curso de Iniciação ao Montanhismo, na sede dos Montanheiros com 11 participantes. Organizado pela secção de escalada dos Montanheiros. Curso ministrado pelos formadores credenciados pela Escola Nacional de Montanha da Federação Portuguesa de Campismo, Joaquim Alves e António Coelho.

2003

A Associação Os Montanheiros tem o seu primeiro website www.montanheiros.com

Março 30 – O Grupo de Trabalho para o Estudo do Património Espeleológico dos Açores (GESPEA) realiza uma campanha Bioespeleológica na ilha do Pico (PICOSPEL 2003), por forma a poder aferir e padronizar, os dados existentes no Inventário do Património Espeleológico dos Açores (IPEA). A equipa de trabalho é constituída pelos membros da Comissão Executiva do GESPEA, um elemento dos Montanheiros (Fernando Pereira) e alunas integradas no programa Estagiar L.

Novembro 14 – Na Assembleia Geral Extraordinária da Associação Os Montanheiros, foi constituído o Núcleo dos Montanheiros da ilha do Pico.

Dezembro 19 – É aprovada por unanimidade a proposta do Grupo Municipal do PS para atribuição da Medalha de Mérito Municipal aos Montanheiros.

2004

Fevereiro 14 – Uma baleia corcunda, de nome científico Megaptera novaeangliae, encalhou na costa de Santa Bárbara, ilha Terceira. Os Montanheiros fizeram deslocar ao local uma equipa de 3 elementos composta por José Botelho, Fernando Pereira e Paulo Barcelos, com o fim de proceder ao registo fotográfico do acontecimento. A baleia com 6 a 7 metros de comprimento estava num estado de decomposição inicial.

Março 7 – Medição da Gruta da Terra Mole, nos Biscoitos e da Fenda dos Algares, nos Altares.

Maio 13/17 – Realização do XI Simpósio Internacional de Vulcanoespeleologia que decorreu na vila da Madalena, ilha do Pico. Foi organizado pela Secretaria Regional do Ambiente e o GESPEA. Efetuaram-se expedições à ilha De São Jorge, Faial, Terceira, Graciosa e São Miguel. De destacar neste simpósio o reconhecimento da importância mineralógica do Algar do Carvão, classificado com uma das dez cavidades vulcânicas mais importantes do mundo.

2005

Abril 22 – O Algar do Carvão reabre após concluídas obras no melhoramento dos acessos, nomeadamente nas escadarias de acesso e patamares interiores, ao nível do piso, largura e altura dos degraus bem como a largura da escadaria, houve um aumento e reforço dos muros guarda e colocou-se um corrimão de apoio para facilitar a subida. Completou-se também a colocação de iluminação pedonal.

Junho – Inicia-se a gestão da Gruta das Torres, na ilha do Pico

Outubro – A Associação Os Montanheiros assina protocolo de cooperação com a Direção Regional do Ambiente e do Mar para a gestão da Ecoteca do Pico.

2006

Durante este ano decorreram trabalhos de inventariação, cartografia e caracterização de cavidades vulcânicas: Na ilha do Pico trabalhou-se na Furna Nova II nas Bandeiras (croqui e recolha de dados) e no Algar/Gruta do Canto da Serra (recolha de dados). Na ilha Terceira contratou-se uma empresa para fazer a topografia dos troços principais da Gruta do Natal, com ligação à rede geodésica exterior.

Fevereiro 3 – Na Assembleia Geral da Associação Os Montanheiros é criado o Núcleo dos Montanheiros de S. Jorge, tendo na altura como presidente da direção do núcleo o Eng.º Eduardo Franco.

Junho 3 – A Associação Os Montanheiros foi condecorada com a Medalha de Mérito pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo. Antes da entrega das insígnias, do diploma e da medalha de mérito, foi referido o longo e importante percurso desta associação a vários níveis, desde da inventariação, exploração e conservação das cavidades vulcânicas dos Açores, até ao turismo, atividades ao ar livre e preservação da natureza. Numa noite tão importante para os Montanheiros, o passado e o presente estiveram lado a lado, representados pelo fundador da associação, o Sr. Américo Silveira (na altura a residir no Continente) e pelo atual presidente da direção dos Montanheiros, o Sr. Eng.º Paulo Barcelos.

Agosto 23 a 27 – Teve lugar a campanha espeleológica “GESPICO 2006”. Participaram nesta atividade Paulino Costa, João Carlos Nunes, Paulo Barcelos, Fernando Pereira, José Maria, Paulo Freitas, José Carlos Machado e Roberto Salazar. Efetuaram-se trabalhos de prospeção, tendo sido encontradas 4 novas cavidades vulcânicas para o Inventário do Património Espeleológico dos Açores (IPEA), bem como trabalhos de compilação de elementos em falta sobre algumas das cavidades vulcânicas do IPEA.

Setembro 13 a 16 – Teve lugar a uma campanha bioespeleológica, onde se aferiram e recolheram novos elementos sobre as cavidades vulcânicas da ilha de Santa Maria, constantes do Inventário do Património Espeleológico dos Açores (IPEA). Foram visitadas 4 cavidades vulcânicas. No Auditório da NAV, foi realizada uma sessão pública, onde o GESPEA (e.g. P. Costa) apresentou os trabalhos realizados em Santa Maria, bem como o site do GESPEA. Equipa constituída por João Carlos Nunes, Paulino Costa, Fernando Pereira e Paulo Barcelos. Esta campanha foi inserida no projeto “GEOMONUMENTOS E PALEOGEOGRAFIA DA ILHA DE SANTA MARIA (AÇORES)”, promovido pela Universidade dos Açores.

Dezembro 1 – Durante as comemorações do 43º aniversário da Associação Os Montanheiros, decorre a primeira edição de muitas, da prova “Degraus do Algar do Carvão”. Prova esta que consiste na subida de todos os degraus desde da lagoa até à casa de apoio aos visitantes do Algar do Carvão, no menor tempo possível.

2007

Janeiro 1 – A Associação Os Montanheiros assina protocolo de cooperação com a Direção Regional do Ambiente e do Mar para a gestão da Ecoteca de S.Jorge, na altura sediada no Jardim Botânico das Velas.

(?) – Decorreram durante este ano trabalhos de inventariação, cartografia e caracterização de cavidades vulcânicas. Na ilha do Pico trabalhou-se na Furna Vermelha, Gruta do Lajido do Meio, Gruta do Cão, Furna da Sapateira, Furna da Tia Adelaide, Gruta do Cabeço da Negra, Gruta/Algar do Canto da Serra

2008

Foi o ano de arranque da Secção de Parapente dos Montanheiros, tendo realizado durante a sua existência, formações e recolha que informação para a publicação de um guia de parapente nos Açores.